Linguiça Artesanal

 

Linguiça Artesanal

 

Descubra como Fazer Linguiça Artesanal com Qualidade e Sabor
Profissional, nosso Curso Completo te ensina todos os Bastidores
passo a passo para você iniciar sua Produção ainda essa semana.

Mesmo que você seja iniciante e tenha pouco para investir.

 

LINGUIÇA TRADICIONAL

LINGUIÇAS REGIONAIS

LINGUIÇA TOSCANA

LINGUIÇA ALEMÃ

LINGUIÇA MISTA

LINGUIÇA DE PEIXE

LINGUIÇA DE PICANHA

MOAGEM IDEAL DA CARNE

COMO CONSERVAR POR MAIS TEMPO

TIPOS DE TRIPA

APRENDA ENSACAR DA FORMA CORRETA

DICAS PARA O TEMPERO PERFEITO

 

E Muito Mais...

 

Conhece a origem da Linguiça?

História da Linguiça

Em Portugal, ela é chamada de “enchido”. E é de lá que herdamos mais essa alegria gastronômica. Se dizemos alegria não é por acaso. A linguiça tem vocação para juntar gente e para criar clima de festa. É um prato democrático, disposto a agradar todos os gostos e capaz de dar a um simples feijão sabor de final de semana. 

E pensar que tudo nasceu da boa e velha necessidade humana de conservar os alimentos: quando o caçador abatia um animal muito grande, maior do que a capacidade de consumo da tribo, picava-se a carne, temperava-se com sal e ervas e a preservava nas tripas dos animas. 

Há quem diga que a linguiça existe há mais de 4 mil anos, porém, registros mais exatos remontam a 2 mil anos.  Nesta versão da história, a origem da linguiça é romana. Seu nome seria um derivado da palavra “luganega”, referente a Lucano. Os Lucanos foram um povo de origem samnita, que se estabeleceu na Lucânia (região montanhosa da Itália meridional) no século V a.C. Muitos séculos atrás essa tribo comandou grande parte daquela península, deixando como legado para os romanos o método de embutir carnes.  

Atualmente, existem três grupos de linguiça de acordo com o processo de fabricação: fresca - a linguiça in natura, feita de carne crua; cozida - que passa por um pré-cozimento em forno industrial e defumada ou curada - pré-cozida pelo sistema de defumação. A Instrução Normativa Nº 4/2000 do Ministério da Agricultura do Brasil estabelece o que é oficialmente reconhecido como sendo Mortadela, Linguiça e Salsicha sob a legislação brasileira, especificando nomenclatura e composição de subvariedades específicas. 


Postar um comentário

0 Comentários